Logo PESQUISA | PARCEIROS | PERGUNTAS & RESPOSTAS | CONCURSOS

Bem Vindos ao Site da Etec Rubens de Faria e Souza


Cursos

Alunos

Professores

Secretaria

Dep. Pessoal

Outros Links

Redes Sociais

  • Siganos no TwitterSiganos no Twitter
  • Centro Paula e Souza

Email Coorporativo
Portal Click Ideia


GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
CAPITAL HUMANO
APRENDIZ PAULISTA
APRENDIZ PAULISTA
Teste Vocacional

PALESTRA DA SRA LIN COMINATTO – sobrevivente do botulismo

Nesta quarta-feira, dia 04/09, a Sra. Lin Cominatto, atendendo á solicitação da prof. Elisangela M. Pedroso, proferiu uma palestra para os alunos dos cursos: Técnico de Alimentos e Técnico em Nutrição e Dietética, sobre o caso em que foi acometida de intoxicação por Clostridium Botulinun no ano de 2007.
A pedido da própria Lin Cominatto, o professor Armando fez a abertura da apresentação, dizendo que seria uma conversa interativa para troca de experiência, uma espécie de mesa redonda.


O professor Armando fazendo a abertura e a apresentação da convidada, Sra. Lin Cominatto.

A Sra. Lin iniciou exibindo dois vídeos de reportagem de televisão, em que cita os perigos das doenças transmitidas por alimentos – DTAs, e especificamente do seu caso com o botulismo.
A apresentação da Sra. Lin seguiu evidenciando os riscos da preparação inadequada de alimentos, tanto de forma caseira ou artesanal, como os industriais ou para fins comerciais.
Desprovida de amargura ou ira, Lin explanou sobre o despreparo por parte das instituições e dos profissionais da saúde, em diagnosticar os casos de intoxicação por este tipo de toxina proveniente da ingestão de esporos (forma resistente) desta bactéria.
Por este motivo, ele porta uma bandeira como campanha: “Botulismo, uma doença (rara) ou um diagnóstico raro?”.

 


A Sra. Lin, falando que, se não se vem a óbito pelo botulismo, pode o vir por suas consequências, como infecções oportunistas e outras sequelas.
A explanação seguiu com a abordagem de todo seu trajeto, desde a entrada na emergência, até os últimos dias de terapia, que somados, totalizam mais de 2,5 anos. As conquistas eram comemoradas com muita vibração e entusiasmo, fazendo com que todos os envolvidos, profissionais e familiares, saíssem de um clima de luto como no início, para um clima de vitória. Vitória esta, que não teria êxito sem a profissão de sua fé na vida e em todas as coisas de maneira positiva.


A Sra. Lin considerou que, na sua percepção, ela “nasceu de novo”, já que teve sua vida por um fio. Conseguiu sobreviver aos efeitos da neurotoxina botulínica (ataca todo sistema nervoso) levando á paralisação de TODOS os órgãos de seu corpo. Casos de sobrevivência a este tipo de intoxicação é raro no mundo todo. Com o “renascimento”, veio a necessidade de reaprender tudo como se fosse a primeira vez: a respirar sem ajuda de aparelhos, dominar os movimentos por mais simples que fossem, mexer um dedo, uma mão, um braço, a andar sem apoio, a mastigar os alimentos e a deglutir sem sentir dor.
A temática da abordagem induziu aos espectadores, a uma reflexão sobre a ética na prática profissional de quem é (ou será) responsável pela produção ou comercialização de um alimento seguro, além da necessidade da humanização nas relações pessoais e profissionais.

Ao final da apresentação, a Sra. Lin abriu a palavra a todos para perguntas sobre o conteúdo de sua explanação. Tanto professores como alunos interagiram intensamente sobre vários aspectos como: a necessidade de maior e melhor informação aos manipuladores de alimentos, da busca da melhora na formação dos profissionais da saúde para estes casos de difícil diagnóstico e na potencialização dos órgãos de fiscalização para coibir produtos alimentícios clandestinos, como a conserva de palmito.
Antes do encerramento, a professora Elisangela, organizadora deste evento, entregou uma lembrancinha e agradeceu á Sra. Lin Cominatto pelo compartilhamento de sua difícil experiência de vida ( quase óbito), e que proporcionou um crescimento pessoal e profissional a todos nós. Agradeceu ainda ao Sr Ademilson Terto da Silva, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região, que gentilmente cedeu o auditório para este fim.


Momento em que a palestrante recebe das mãos da profª Elisângela, uma lembrança de agradecimento por sua colaboração com a escola, vindo palestrar gratuitamente sobre tão importante tema.

Parabéns aos organizadores!
Parabéns e obrigada Sra Lin, pela presença!

A Sra. Lin teve status de celebridade, todos os participantes fizeram questão de tirar fotos ao lado dela, foi preciso organizar a plateia e tirar fotos em grupos maiores para depois serem compartilhadas as fotos, se não, levaria o resto da noite só tirando fotos.


A presença da Sra. Lin deixou uma marca “indelével” em nossos corações pela sua força de vontade e positivismo. Ela está aproveitando o que ela chama de “segunda chance”, e você, também tem agradecido pelo que tem recebido?????
Parabéns a prof. Elisangela, pela iniciativa de desenvolver uma atividade tão significativa não só para a formação de nossos futuros Técnicos, mas, como também para nossas vidas.
Obrigado Sra. Lin Cominatto por esta colaboração e modificar de uma maneira positiva as nossas vidas.
Em nome da Direção da ETEC Rubens de Faria, dos alunos e professores do curso Técnico de Alimentos, agradecemos ao Sr Ademilson Terto da Silva e a Sra. Viviam, do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba, pela compreensão e colaboração para a realização deste evento.

NOSSO MUITO OBRIGADO, DE CORAÇÃO!!!

CIMA


Desenvolvido por Helio Canavesi Filho