Logo PESQUISA | PARCEIROS | PERGUNTAS & RESPOSTAS | CONCURSOS

Bem Vindos ao Site da Etec Rubens de Faria e Souza


Cursos

Alunos

Professores

Secretaria

Dep. Pessoal

Outros Links

Redes Sociais

  • Siganos no TwitterSiganos no Twitter
  • Centro Paula e Souza

Email Coorporativo
Portal Click Ideia


GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
CAPITAL HUMANO
APRENDIZ PAULISTA
APRENDIZ PAULISTA
Teste Vocacional

Etec Rubens de Faria e Souza é tombada por decreto de Pannunzio

Tombamento da 1ª escola técnica da cidade é definitiva, com grau de preservação 2

Jornal Cruzeiro do Sul - 20/09/2014 - http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia/571176/etec-rubens-de-faria-e-souza-e-tombada-por-decreto-de-pannunzio
Carlos Araújo


O prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) assinou decreto que determina o tombamento da Escola Técnica Estadual Rubens de Faria e Souza, uma das mais tradicionais unidades de ensino público de Sorocaba. O decreto foi publicado ontem pelo jornal oficial Município de Sorocaba, na sua página 5. O tombamento ocorre em caráter definitivo, com grau de preservação 2, segundo o texto do documento.

A Secretaria da Cultura (Secult) do município, em nota divulgada pela assessoria de imprensa da Prefeitura, informou que o grau de tombamento 2 estabelece a preservação das características externas do prédio e, de acordo com o decreto, também, do teatro existente na unidade. A preservação inclui os grandes vasos dispostos pela área da Etec.

Isto significa, acrescentou a Secult, que, internamente, se houver necessidade, podem ser feitas manutenções por meio de reparos e até pinturas. Externamente, porém, só sob consulta e anuência do Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio (CMDP).

"O tombamento do prédio é a preservação da memória educacional do município, já que o local abrigou a primeira escola técnica de Sorocaba", destacou a Secult na nota da Prefeitura.

 

Reforma

 

No momento, a Etec Rubens de Faria e Souza passa por obras de reforma e adequação, segundo informou o Centro Paula Souza, por meio de sua assessoria, ao qual a escola é vinculada. O término dos serviços está previsto para outubro. O valor de investimento do governo do Estado é de R$ 1.449.909,77.

No 1º semestre deste ano a escola tinha 2.173 alunos matriculados, sendo 600 no ensino médio e 1.573 no ensino técnico.

A escola oferece ensino médio e 11 cursos técnicos: Administração (Semipresencial), Alimentos, Alimentos Integrado ao Ensino Médio, Comércio (Semipresencial), Eletrônica, Eletrotécnica, Enfermagem, Mecânica, Mecatrônica, Nutrição e Dietética e Química.

Para ver a reportagem em PDF: clique aqui

 


Desenvolvido por Helio Canavesi Filho